Category Logística
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

Companhia pretende economizar de 65% a 70% da energia consumida na unidade, com suporte de concessionária local para armazenamento ou captação de energia necessária

Por Redação


Foto: Divulgação

A Tegma Gestão Logística, operadora logística do país, iniciou processo de limpeza na matriz energética a partir da instalação de uma usina solar na unidade de Sorocaba, em São Paulo.

Segundo a empresa, o projeto, que já está em operação, prevê fornecer entre 65% e 70% da energia consumida naquela unidade. O sistema também é conectado à rede elétrica da concessionária local, que permite colocar nessa rede eventuais excedentes de eletricidade e caso o consumo exceda ao que foi captado, forneça a energia necessária.

EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

“Além dos ganhos financeiros que serão obtidos após o retorno do capital investido, utiliza um recurso renovável, a luz solar, que não polui e nem agrava o efeito estufa com a emissão de gases, como o CO2”, explicou Fernando Aoki, gerente de Engenharia e Obras da Tegma.

De acordo com Aoki, outras vantagens da usina solar são a montagem rápida, a pouca manutenção – que consiste basicamente na lavagem do sistema duas vezes ao ano – e alta durabilidade, com uma vida útil média de 25 anos. Os painéis foram colocados no telhado da nave de carregamento, o que dispensou obras de maiores.

A unidade de Sorocaba é um pátio da Divisão Logística de Veículos (DLV) com 40 mil m2, usado para operação de carregamento da montadora Toyota. Segundo a companhia, o projeto é considerado piloto e pode ser usado agregar em outras instituições. “Vamos avaliar os resultados para verificar a possibilidade de colocarmos usinas de energia solar em outros locais”, projetou Fernando Aoki.

Fonte: Mundo Logística

EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *