Category Notícias
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

Os caminhões Mercedes-Benz Actros, Arocs, Atego e Accelo da nova geração produzida a partir de 2023, atendendo a fase P8 do Proconve (equivalente ao padrão Euro 6), trarão uma série de novidades técnicas e maior oferta de modelos das linhas pesadas Actros e Arocs. Além de novos motores e caixas de transmissão com mais tecnologia e maior capacidade de desempenho, economia de combustível e redução de TCO, entre outras prioridades dos transportadores, a fabricante anunciou nesta quinta-feira à noite (19 de outubro) que deixará esse ano de produzir o Axor para o mercado brasileiro.

Actros Engenharia 34
Actros 2023 da Engenharia com sofisticado equipamento instalado para medir atividades do caminhão com o novo motor Euro 6

Além dos procedimentos e tecnologias necessárias para atender à legislação de emissões do Proconve P8, por meio de novos motores de maior potência e mais econômicos, a Mercedes-Benz aplicou diversas mudanças de segurança, conforto e de desempenho em toda a sua linha de caminhões. O Actros, por exemplo, passará a ser equipado com o motor OM 471 LA, de terceira geração, com 530cv de potência.

De acordo com a engenharia da montadora, esse propulsor chega a apresentar até 8% de economia de combustível em comparação ao atual. Para isso foram foram otimizadas a geometria do pistão, design do bico de injeção e parâmetros do cabeçote, bem como aumento da taxa de compressão para se obter mais eficiência na combustão.

O trem de força do Mercedes-Benz Actros passará a contar com nova transmissão automatizada PowerShift Advanced, a qual tem como características a seleção mais precisas de marchas e engates 40% mais rápidos. O novo trem de força conta também com o eixo traseiro New Final Drive (NFD), mais leve e com  gerenciamento da lubrificação interna do diferencial que resulta em aumento de 20% na vida útil do óleo lubrificante e, consequentemente, maiores intervalos de troca de óleo lubrificante.

Actros Space
Versão mais simples do Actros, com cabine mais baixa é uma das novidades que vão ampliar a linha de modelos pesados

A linha 2023 trará uma segunda opção de cabine com teto baixo identificada como Space. Ela estará presente em uma nova versão do Actros, um cavalo mecânico nas configurações 6×2 e 6×4 com suspensão metálica e entreeixos de 3.250mm. Na realidade trata-Se de uma versão mais simples, retratada inclusive no painel de instrumentos analógico. A missão do novo veículo é  ocupar o espaço deixado pelo Axor em aplicações como  baú de alumínio (isotérmico, frigorífico), sider, cegonheiro, tanques (líquidos e gases), porta contêiner, básculas e betoneira, entre outros.

A família Actros será atendida por duas motorizações e quatro diferentes potências. A versão 2045 4×2 será equipada com o motor OM 460 LA de 449cv de potência e torque de 2.200Nm; já a 2548 6×2 terá propulsor de 470cv de potência e torque de 2.300rpm, enquanto no Actros 2651 6×4 terá o motor OM 460 LA que entrega 495cv e torque de 2.400rpm. O motor OM 471 LA, por sua vez, o mais potente da marca e com potência de 530cv e torque de 2.600Nm, atenderá as versões do Actros 2553 6×2 e 2653 6×4.

Copia de Arocs 893
Versão cavalo mecânico do Arocs vai substituir o Axor em operações fora de estrada

Outra novidade apresentada pela Mercedes-Benz para a nova linha Actros está no MirrorCam (retrovisor com câmera) de segunda geração, cujos braços fiaram 10cm mais curtos e com novos parâmetros de imagem que o tornam mais semelhante ao retrovisor comum. Disponível na Europa desde abril desse ano, a evolução possibilitou ao equipamento dar maior suporte ao motorista no gerenciamento de situações de ultrapassagens, manobras, condução com pouca visibilidade e escuridão, além de curvas e espaços estreitos. Segundo a Mercedes-Benz, colisões com objetos na beira da estrada agora são praticamente impossíveis de virem a acontecer.

No interior da cabine Top Space (a atual), o Actros 2023 disponibiliza painel de instrumento digital com tela principal de 12 polegadas. O pacote inclui novos bancos pneumáticos com revestimento de tecido em vinil, e opcionalmente novo conjunto ótico de faróis em LED. A lista de itens opcionais se estende ao freio a disco, tanque de combustível de 720 litros e de ARLA com aquecimento, além de  freio auxiliar retarder e airbag para o motorista. Todos os caminhões Actros saem de fábrica preparados para ativar os sistemas de gestão de frota FleetBoard e os serviços do Mercedes-Benz Uptime.

Copia de Atego 581 1
Família de caminhões Atego terá nove versões 4×2, 6×2, 6×4 e 8×4 e dois tipos de motores com potências de 185 a 321cv

Atualmente são itens de série na linha Actros o Active Brake Assist (assistente ativo de frenagem), Side Guard Assist (assistente de ponto cego), Attention Assist (assistente de fadiga), assistente de parada Hold, ESC (controle eletrônico de estabilidade), piloto automático adaptativo com limitador de velocidade, Proximity Control (assistente ativo de proximidade), EBS, ASR, ABS, sensor de chuva e iluminação, alarme de ré com luzes intermitentes, Lane Warning System (sensor de faixa de rolagem), Hill Holder (auxílio de partida em rampa, HSA), farol para auxílio em manobras e farol alto inteligente.

NOVOS AROCS

Há exato um ano no Brasil, o Arocs 8×4 deixará de ser o único representante da família o País com a chegada de novas versões inclusive que substituirão o Axor em operações fora de estrada. A linha Arocs 2023 terá novos modelos, como 3351 6×4 (plataforma, basculante e cavalo mecânico), 3353 6x4S (cavalo mecânico) e o 4151 6×4 e 4851 8×4 (basculante). Com as novas opções, a gama Arocs passará a atender operações na mineração, construção civil, grandes obras de infraestrutura e o transporte de cana-de-açúcar e madeira.

Motor 26
Novos motores Euro 6 de toda a gama de caminhões Mercedes-Benz é produzida na fábrica de São Bernardo do Campo/SP

A linha será tracionada pelo motor  OM 460 LA com potência de 349cv e torque de 2.400Nm. A transmissão é a automatizada PowerShift Advanced. Os novos caminhões Arocs terão bancos pneumáticos já nacionalizados com 11 opções de ajustes, dois apoios de braços com regulagem de altura e cinto de segurança integrado ao banco e com rcontrole de altura. São itens opcionais o Sistema de Controle de Estabilidade (ESC), air bag e faróis em LED.

Equipada com dois novos motores de 6 cilindros e diferentes potências, a linha de caminhões Atego 2023 também tem novidades além das tecnologias para atender a fase 8 do Proconve. Uma delas é a versão 8×4 off road para betoneira e basculante. O segundo eixo tem suspensor levantando por cabos proporcionando maior distância entre o chassi e o solo. A linha  Atego é equipada com transmissão Power Shift Advanced G140 de 8 marchas.

Os modelos 6×2 e 8×2 vão utilizar como item de série a caixa G 211 de 12 velocidades. Segundo a Mercedes-Benz, devido a nova especificação do lubrificante, o intervalo  de troca de óleo dobrou. As versões 4×2 1419 e 1819  sairão com a nova transmissão manual G 90 de 6 marchas e eixo traseiro Meritor 23.245 de duas velocidades.

Accelo 19
Linha de leves e médios Accelo passará a rodar com motor de 163cv de potência, nova transmissão automatizada e melhorias internas na cabine
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

A nova família Atego passará a contar com nove versões: as 4×2 1419 e 1719 (equipadas com motor OM 924 LA com potência de 185cv e 700Nm de torque), a 1726 (com motor OM 926 LA de 260cv e 900Nm de torque), a 1733 (com motor OM 926 LA de 321cv e 1.250Nm), a 2429 6×2( com OM 926 LA de 286cv e torque de 1.100Nm), a 2433 6×2 e a 3033 8×2 (ambas com motor OM 926 de 321cv e 1.250 Nm) além da 2730 6×4 e 3330 8×4 (ambas com motor OM 926 de 286cv e torque de 1.100Nm, plataforma para aplicação basculante e betoneira).

Também é novidade o painel de instrumentos com display digital e a alavanca de câmbio automatizado na coluna de direção, bem como partida do motor por botão, igual à do Actros.  Do lado externo da cabine o modelo passará a ter espelho frontal de aproximação com aquecimento e DRL com luz de LED. As versões 4×2 e 6×2  contarão com Luzes de Frenagem de Emergência (ESS) e freio auxilar de partida em rampa (HSA). ABS, ASR e EBD, já eram itens de série dos modelos.

LINHA ACCELO

Devido a nova motorização mais potente, a família Accelo também  sairá de fábrica com nova denominação. Os modelos leves serão identificados como 817 e 1017, enquanto o Accelo médio 6×2, para operações de curtas distâncias, será o 1317. Todos os modelos serão equipados com motor OM 924 LA de 163cv e torque de 610Nm, 5% mais de potente que a linha atual. Segundo a engenharia da  fábrica, esse novo motor apresenta redução de  10 a 15 % no consumo de óleo lubrificante; 33% a mais de vida útil para o filtro de ar e de 11% do filtro de ARLA. 

CÂMBIO AUTOMATIZADO

 A linha Accelo será disponibilizada com transmissão Mercedes-Benz G70 automatizada e manual com trambulação a cabo, ambas de seis marchas e a embreagem com auxilio pneumático exige 45% a menos de esforço que o modelo atual. E a nova coluna de direção permite ajuste de até 13 graus (cinco para cima e 8 para baixo) e a alavanca do câmbio automatizado foi reposicionada para a coluna de direção. O painel de instrumentos, por sua vez, passa a ter display digital de 10,4 polegadas. Completam o interior da cabine o tacógrafo e o novo revestimento do teto. O Accelo com transmissão automatizada contará com itens de segurança como Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), Luzes de  Frenagem de Emergência (ESS) e o auxílio de partida em rampa (HSA).  

FIM DO AXOR NO BRASIL

Lançado em outubro de 2005, o anúncio da descontinuação do Axor no mercado brasileiro ocorreu exatamente após 17 anos no mercado e quase 100 mil unidades produzidas. Em seu lugar vão entrar a nova versão rodoviária do Actros com cabina baixa e entre-eixos mais curto, de 3.250mm, e o Arocs, modelo que ganhou novas versões para aplicações. São elas o Arocs 3351 6×4 (plataforma, basculante e cavalo mecânico), e o Arocs 4151 6×4 (basculante).

axor 3131 com direcao autonoma grunner 12
Axor 3131 será o único da linha a ser mantido em produção para ser preparado para operar em canaviais

De acordo com o diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. o Jefferson Ferrarez, A Mercedes-Benz está seguindo o processo natural de evolução tecnológica dos caminhões da marca. “Os sucessores Actros e Arocs, que já são muito bem aceitos pelo marcado, irão manter atributos que os clientes já conhecem e aprovaram no Axor. Temos certeza que os clientes logo perceberão esses ganhos, como aconteceu com outras famílias de caminhões da nossa marca que foram substituídas naturalmente ao longo dos anos”, justificou.

De acordo com Ferrarez, Os clientes dos modelos Axor 1933, 2533, 2036, 2041, 2536, 2544 e 2644 passam a ser atendidos com os Actros on-road 2045 4×2, 2548 6×2 e 2651 6×4 na versão Space. Os substitutos do Axor 3344para operações fora de estrada passarão a contar com o Arocs 3351 6×4. E Axor 4144 K 6×4 será sucedido pelo Arocs 4151 6×4 K e o Axor 4144 K 8×4 terá como substituto o Arocs 4851 8×4 K.  

EXPORTAÇÃO

Apesar de não ser mais disponibilizado para o mercado brasileiro, a fábrica de São Bernardo do Campo/SP continuará a produzir o atual Axor Euro 5 para exportação. A versão 3131 nas configurações 6×4 e 8×4 modelo continuará presente no mercado brasileiro graças a parceria da Mercedes-Benz com a Grunner no Axor com direção autônoma para o trabalho na colheita de cana-de-Açúcar 24 horas por dia.

A direção autônoma do veículo controlada por um sistema que inclui piloto automático, GPS e georreferenciamento, sendo utilizada exclusivamente nos trechos mapeados da fazenda onde acontece a colheita. A previsão é que em 2022 sejam vendidas 350 unidades, chegando a um volume acumulado de 580 unidades na operação em canaviais.

Fonte: Portal O Carreteiro

EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas
EBA - Empresa Brasileira de Armazenamento, Redex e Operações Logísticas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *