Category Notícias

Com uma frota de 360 veículos dedicada ao transporte coletivo urbano de passageiros nas zonas oeste e sul da cidade de São Paulo, a Auto Viação Transcap tem nos pneus seu quarto maior custo operacional. A empresa consome mensalmente cerca de 70 pneus novos e 120 recapados e, por isso, eles merecem uma atenção toda especial pelo expressivo investimento realizado no momento de sua compra.

“Nossa operação demanda pneus capazes de entregar um alto rendimento quilométrico em meio ao anda e para constante, que suportem os desafios diários de transitar em vias esburacadas, bem como a superlotação nos horários de pico”, destaca Valter Bispo, diretor de compras e aquisição da Transcap, que tem apostado nos atributos de robustez e quilometragem superior oferecidos pelos pneus e pelas bandas de rodagem ContiTread™ ContiGol e LSU 1, da Continental, fabricante de pneus de tecnologia alemã. O ContiGol foi especialmente desenvolvido para ônibus urbanos e o LSU1 projetado para o uso urbano por veículos como micro-ônibus e caminhões leves.

A reforma utilizando as bandas de rodagem ContiTread™ diminuíram de forma expressiva o custo por km na frota da empresa. No LSU 1, a redução foi de 39% e, no ContiGol, a redução no custo total na vida do pneu após a reforma chegou a 34,5%.

“O grande diferencial do projeto de recapagem oferecido pela Continental é a manutenção no pneu recapado do mesmo desenho da banda de rodagem original, assim como o emprego de suas tecnologias de performance. Com isso, ele mantém na sobrevida as mesmas características que nos levaram a adquiri-lo em sua primeira vida útil”, explica Valter Bispo.

O pneu reformado oferece rendimento quilométrico semelhante ao pneu novo, a um valor 50% inferior, o que significa uma redução de 57% no custo/km para o setor de transporte, por exemplo. Também é importante destacar que se trata de uma atividade não poluidora e que seus resíduos sólidos são reciclados por outros segmentos. A recapagem oferece total segurança ao condutor do veículo, pois a carcaça do pneu é projetada por seus fabricantes de forma a suportar diversas sobrevidas.

“Nossas bandas não apenas fazem com que o pneu recapado pareça novo, mas que também rode como um pneu novo, reduzindo os custos operacionais, o que é um importante diferencial para as frotas”, explica Thais Oliveira, diretora de vendas de pneus de carga da Continental para a região Mercosul.

E, para garantir que a carcaça possa receber múltiplas recapagens, é sempre importante manter a calibragem dos pneus em dia, realizar o rodízio e o alinhamento para evitar o desgaste irregular e respeitar a capacidade de carga do veículo.

Fonte: Continental

Foto: Divulgação

Portal Estrada – Negócios em Transporte & Logística

Fonte: Portal Estrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.