Category Notícias

Se as previsões da Mercedes-Benz se concretizarem, esse ano serão comercializados 350 caminhões Axor fora de estrada com direção autônoma para operações de transbordo de cana de açúcar. Desde o início da parceria em 2019 com Grunner, a empresa de tecnologia para o campo, a montadora já entregou 429 unidades. A meta é ultrapassar 580 unidades em operação das versões 8X4 e 6X4 com a tecnologia autônoma desenvolvida em parceria pelas duas empresas.

O Axor 3131 fora de estrada com direção autônoma está em operação regular em canaviais de cana-de-açúcar 24 horas por dia desde de 2019, quando foram entregues à  Grunner as primeiras 17 unidades. Em 20120 o número saltou para 36 e 237 em 2021. Somando-se com as 139 entregues no primeiro trimestre desse ano, o total chega a 429 unidades, das quais 377 já se encontram trabalhando em canaviais e outras atividades.

axor 3131 com direcao autonoma grunner 1
Mercedes-Benz já entregou 429 unidades para operação em canaviais, das quais 377 já estão em operação. A meta é ultrapassar 580 unidades esse ano

O Axor 3131 com direção autônoma opera em canaviais de cana-de-açúcar de São Paulo bem como em plantações de outros Estados. O vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Roberto Leoncini, disse que a projeção, junto com a Grunner, é de vender 350 unidades em 2022 e chegar ao acumulado acima de 580 unidades. Esse volume  significará a maior frota de máquinas inteligentes atuando no setor de cana.

Conforme acrescentou Leoncini, os caminhões Axor 3131 atuam juntamente com as colhedoras de cana agilizando a produção e aumentando a produtividade no abastecimento das usinas de cana-de-açúcar e etanol. “É um prazer e uma satisfação enorme comunicar o sucesso comercial desse produto inovador durante a Agrishow. Foi nesse evento, o maior do agronegócio na América Latina, que há cinco anos começamos a trocar ideias com a Grunner sobre essa máquina inteligente de direção autônoma”, lembrou.

Menos custo que que o trator

De acordo com o CEO da Grunner, Denis Arroyo, em comparação com os tratores, o uso do Axor 3131 com direção autônoma na colheita de cana garante 40% de redução no consumo de combustível, 40% a menos no consumo de lubrificantes e 30% menos no custo de reparo e manutenção.

“Além disso, Axor 3131 tem uma velocidade de deslocamento 50% maior e maior velocidade média de operação, menor tempo e maior agilidade nas manobras, mais conforto para o motorista, mais eficiência em estradas irregulares, com maior estabilidade e menor impacto ambiental pelo menor consumo de combustível”, complementou Arroyo.

axor 3131 com direcao autonoma grunner 12
O Axor 3131 tem capacidade para carregar 20 toneladas líquidas de cana picada. Motorista assume o comando na viagem para fazer transbordo para os treminhões que entregam a cana nas usinas

Com capacidade de carga líquida para 20 toneladas de cana picada,  a direção autônoma do Axor 3131 é controlada por um sistema que inclui piloto automático, GPS e georreferenciamento, sendo utilizada exclusivamente nos trechos mapeados da fazenda onde acontece a colheita. O veículo opera com precisão ao lado da também autônoma máquina colhedora de cana, na velocidade média de 2 km/hora, enquanto a cana picada é lançada na carroçaria.

Sempre presente na cabine, o motorista só assume o controle do caminhão após a carga estar completa e pronta para o veículo fazer o transbordo para os treminhões dentro da fazenda, os quais completam o ciclo de transporte levando a cana para as usinas de açúcar e etanol.

Fonte: Portal O Carreteiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.